De fora pra dentro

—————

Para ouvir enquanto lê:

Almir Sater – Tocando em Frente

—————

Eis que chego ao último degrau, iluminado pela luz fraca da lâmpada a alguns metros acima. O hall, silencioso, parece uma câmara fria. Tal qual todos os outros dias, neste mesmo horário. De frente para a porta de madeira do apartamento, percebo seus detalhes em relevo, toda frondosa. A porta gêmea ao lado descansa, como que em espera. Uma prateleira, um aparador e uma pequena cadeira acorrentada a um móvel completam a decoração do ambiente.

Já tenho em mãos o molho de chaves. O barulho agudo e intermitente dos metais batendo enquanto brinco com o chaveiro quebra a monotonia e a paz do andar. Assim que o barulho cessa e a única chave cor de cobre é introduzida na fechadura, a porta está pronta para ser aberta. Lentamente, giro a maçaneta em formato de pinha e, enfim, me fecho para o mundo.

Anúncios

~ por rocisman em 16/05/2011.

2 Respostas to “De fora pra dentro”

  1. Talvez não se feche, mas abre um mundo só seu.

  2. E não é que o café destilado do Rodrigo é bom mesmo. Amei.
    Meus parabéns.
    beijos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: